You are currently viewing A gratidão é o segredo

A gratidão é o segredo

Predispormo-nos para a gratidão significa não tomar seja o que for por garantido, devido ou obrigatório. Ninguém “tem” de amar-nos, respeitar-nos ou tratar-nos bem. Não há idades em que é proibido morrer nem situações que não podem acontecer.

Por isso, um dos grandes segredos da vida é encontrar todas as razões para nos sentirmos gratos pelo que temos, seja o que for. E mesmo que, ao princípio e fruto do longo treino que temos em nos sentirmos descontentes, não consigamos encontrar nada  de bom na nossa vida, podemos sempre ficar gratos por não ser pior!

Depois temos de aprender a dar valor e apreciar aquelas coisas nas quais nunca pensamos. Nagarjuna (mestre indiano do século III) sugeria que, quando acordamos de manhã, nos regozijemos por estar vivos. Durante a noite que passou muitos morreram. Dizia ele que, depois de expirar, poder inspirar de novo é um milagre. Que o digam os que estiveram quase a sufocar!

A gratidão abre-nos as portas da vida. Faz com que o que temos seja suficiente. Transforma a revolta em aceitação, o caos em ordem, a confusão em claridade… Transforma os problemas em dádivas, os falhanços em sucessos, os erros em acontecimentos importantes e acolhe o imprevisto como se fosse oportuno.

Com gratidão damos sentido ao passado, trazemos paz ao presente e criamos uma visão para o futuro. Não nos privemos de uma das maiores fontes de felicidade, gratuita e totalmente ao nosso alcance!

This Post Has 8 Comments

  1. Milai

    É melhor ser alegre que ser triste
    Alegria é a melhor coisa que existe
    É assim como a luz no coração…

  2. tsering

    Os nossos amigos brasileiros dizem-no com música 🙂

  3. shan-tinha

    olá!
    esse recado deixei no blog da manuela araújo, olá! sustentabilidade e ação.
    se mais e mais pessoas se unirem, se engajarem nessa luta pelo bom e belo
    que é o viver nesse mundo, sejamos otimistas, chegará um dia em que o negativo não terá mais vez, força e lugar para existir, enfatizar o mundo que queremos é criar dentro de todos a bondade, a responsabilidade e o amor por nós, pelo outro e pelo planeta!
    “Nós todos somos um”
    bjão a vc manu e a Tsering pelo olhar além!
    em yoga aprendemos que evidenciar o mal é dar força a ele! não é o que queremos!
    namastê!
    shan-tinha

  4. shan-tinha

    olá!
    o comentário acima é sobre o post: o lado bom do mundo!
    bj!
    namastê!

  5. Ti

    É verdade! Mas não é fácil…

    Peço desculpa antecipada pelo tamanho do texto, mas parece-me que vem a propósito:

  6. Ti

    O homem chegou perto de mim e cuspiu-me uma ordem despropositada e ríspida. A vontade que tive de lhe responder de forma ainda mais veemente ficou contida pelo controlo que consegui ter nesse momento. Três horas depois, e quando me dirigia para a saída fui de encontro a ele e despedi-me agradecendo. O homem ficou surpreendido mas agradado com o gesto, que retribuiu com o primeiro sorriso que o vi dar naquela tarde, talvez porque fui o único a dirigir-se a ele de forma amável, apesar de tudo naquele homem indicar despreso e desagrado; fi-lo e tive a devida recompensa. Não quero com isto enaltecer o ego, mas antes gravar a preciosa lição.

    Podemos dizer que o que fazemos é apenas reflexo do que nos fazem a nós, e por isso somos bons para quem o é connosco e maus para os que nos tratam desse modo, mas se aceitamos isto, então também teremos que aceitar o mesmo de outros. Assim sendo como se quebra o ciclo?

    Não me parece que devamos dar a outra face, porque nos esmurraram a contrária, parece-me antes que devemos enfrentar tudo como se fosse bom e desconhecido. Não é fácil, mas compensa.

  7. iracema

    Maravilhoso querida Tsering. Agradecer é o mantra necessário que repetimos a todo instante. E é verdade os brasileiros o dizem com música e é lindo.
    Que a paz e a gratidão esteja em todos os seres vivos.
    Grata pelo insight.
    Beijos no teu coração.

Responder a Milai Cancelar resposta