You are currently viewing Sinta a felicidade

Sinta a felicidade

Rick Hanson, um neuropsicólogo americano autor do livro Buddha Braindefende que o cérebro humano é como velcro em relação aos sentimentos negativos e teflon em relação aos positivos. Na realidade, quando alguma coisa nos enfurece ou magoa, passamos muito tempo a rever mentalmente o sucedidosentindo infinitamente a dor, a ansiedade ou o medo mas, quando algo agradável acontece, deixamos a experiência simplesmente desvanecer-se. Amiúde, só voltamos a pensar nos momentos felizes que passámos quando perdemos aquilo que nos fez feliz, como por exemplo no final de uma relação. E nesse caso, ao invés de nos trazer felicidade, a recordação dos bons momentos vividos só nos traz dor.

Por isso, não podemos deixar que os sentimentos de felicidade se evaporem sem deixar rasto. Temos de lhes dar um tempo para que penetrem em nós e deixem uma marca positiva. Estes registos de felicidade podem vir das coisas mais simples, tais como a sensação de chegar a casa ao final de um dia de trabalho, o cheiro do pão acabado de cozer, o sorriso de uma pessoa de quem gostamos ou os acordes de uma música bonita. Todos conhecemos essa sensação que nos dilata o peito mas, por vezes, mal lhe concedemos uns instantes. 

Quando sentir algum bem-estar, detenha-se um instante a apreciá-lo. Dedique a essaocasiões uns segundos mais do que faria normalmente e permita-se senti-las. Se tiver dificuldade em encontrar momentos desses na sua vida presente, lembre-se de um momento passado em que se sentiu feliz. De preferência, evite escolher uma ocasião cuja recordação lhe seja dolorosa pois estará a fazer o contrário do que é suposto.

Se gosta de café, não beba o seu distraidamente; saboreie-o! Se aprecia a companhia de alguém, desligue ou ponha o telemóvel em silêncio, enquanto está com essa pessoa! Perdemos muitas oportunidades de nos sentirmos bem com as pequenas coisas da vida porque estamos desatentos e divididos. Em pano de fundo há sempre outra coisa a correr, pensamentos, problemas ou simplesmente ruído mental. Tente estar presente no que está a fazer e verá que os momentos de bem-estar e felicidade certamente se multiplicarão.

Deixe uma resposta