Sr. Ego T2 ep2 – Descasque-se!

O ego é como uma cebola. Por debaixo daquela casquinha amarela, lisa e enxuta, há camadas de polpa sumarenta. Interessante é reparar que podemos descascá-lo, camada após camada, para no fim nos apercebermos de que tudo aquilo não envolve nada. É apenas uma sobreposição.

11 Comments

O Sr. Ego T2 ep.1 – Eu faço… logo existo

Andamos sempre muito ocupados. O trabalho ocupa-nos, a família ocupa-nos, o lazer ocupa-nos. Todos temos milhares de coisas para fazer e estratégias para não as perdermos de vista. E quando, por milagre, temos um momento de ócio... enchemo-lo com qualquer coisa.

1 Comment

O Sr. Ego T1 ep.8 – O buraco que fica quando tu não estás

Esqueçam todas as coisas de que o ego precisa normalmente – um ego apaixonado precisa apenas do objecto da sua paixão. Nos filmes de Hollywood, quando os protagonistas se vêem pela primeira vez, o mundo fica esbatido e a única coisa que aparece com nitidez são eles os dois. Assim é também na vida (ir)real para o ego que se apaixona.

1 Comment

O Sr. Ego T1 ep.6 – Malmequer, bem-me-quer…

Amor é uma palavra enorme: cabem lá dentro sentimentos diversos e contraditórios que parecem excluir-se mutuamente. Por amor dá-se a vida, salva-se, acarinha-se, protege-se e (alegadamente) também por amor mata-se, condena-se, rejeita-se e ataca-se. Parece até – e vejam a contradição! – que mais depressa queremos bem a quem mal conhecemos do que àqueles que nos estão ligados por laços mais estreitos. Porque será?

1 Comment

O Sr. Ego – T1 ep.5 – O meu pior inamigo

O melhor/pior inamigo do Sr. Ego é ele próprio e os problemas de relacionamento começam em casa. O ego tem consigo próprio uma relação de amor/ódio tanto mais intensa quanto mais for “gordinho”. Assim, amar-se ou odiar-se são facetas opostas da mesma fixação egóica.

0 Comments

O Sr. Ego – eu tenho, logo sou…

Vimos no episódio anterior que uma das estruturas mentais mais básicas através da qual o ego existe é a identificação. Quando me identifico com algo, torno-o parte da minha "identidade". É o que faço com as coisas (e também com as pessoas, mas isso fica para um próximo episódio).

2 Comments

O Sr. Ego – tu és, eu sou… mas o quê?

Albert Einstein, que não era só extraordinariamente inteligente mas também muito sábio, disse: “O ego é uma ilusão de óptica da consciência”. Sem dúvida semelhante à que nos leva a ver uma serpente onde há apenas um pedaço de corda, acrescenta o Buda. Será possível que todos os nossos tormentos venham de um erro tão estúpido? É.

5 Comments