Merecemos perdoar

Às vezes não conseguimos esquecer, e muito menos perdoar, o mal que achamos que nos foi feito. Mantemos vivas essas memórias dolorosas e deixamos que rodem na nossa mente como roupa no tambor da máquina. E, enquanto assim fazemos, sofremos.

1 Comment

A linha que nos separa

Como valorizamos o nosso bem-estar em relação ao dos outros? Onde assentar a base para o respeito e como cultivá-lo ativamente. Um método ancestral e muito simples.

0 Comments

Deve ser da idade

Não sei se é da idade… Talvez seja. Mas sinto que cheguei a um momento na minha vida em que o famoso conselho de Patrul Rinpoche começa a fazer cada vez mais sentido: “Faz como as vacas velhas, Que ficam felizes por dormirem no estábulo,...

10 Comments

Bom ano 2016

Embora as datas não passem de convenções, todas as oportunidades são boas para desejar que possamos encarar com confiança e de forma positiva tudo…

0 Comments

Insustentável ternura

Escrevo Sobre as tuas mãos abertas Hoje cheias de força para agarrar o mundo Escrevo Sobre os teus olhos bons Pousados sobre mim Como dois pássaros tristes

0 Comments